PAPA FRANCISCO: “Os demônios fogem diante da humildade dos verdadeiros apóstolos”



A humildade é necessária para termos credibilidade como verdadeiros apóstolos de Cristo, afirma Francisco

Na Missa desta quinta-feira, 7, na Casa Santa Marta, o Papa Francisco afirmou:

“Diante da humildade, diante do poder do nome de Cristo com o qual o apóstolo exerce a sua missão, os demônios fogem”.

Por isso, ele recordou que a humildade é necessária para termos credibilidade como verdadeiros apóstolos de Cristo.

Curar e deixar-se curar

Francisco destacou que Jesus enviou os Seus discípulos para curarem, a exemplo d’Ele próprio, que veio ao mundo “para curar a raiz do pecado em nós”:

“Curar é um pouco como recriar. Jesus nos recriou desde a raiz e depois nos levou adiante com o Seu ensinamento, com a Sua doutrina, que é uma doutrina que cura. A primeira cura é a conversão, no sentido de abrir o coração para que a Palavra de Deus entre nele. Converter-se é olhar para o outro lado, convergir. E isso abre o coração, mostra outras coisas. Se o coração estiver fechado, não pode ser curado. Se alguém está doente e, por teimosia, não quer ir ao médico, não será curado”.

O Papa então indagou:

“Eu sinto este convite a me converter, a abrir o coração para ser curado, para encontrar nosso Senhor, para ir para frente?”

Ser humildes para ser autênticos

Francisco nos exortou também a levar uma vida de simplicidade, humildade, mansidão:

“Se um apóstolo, qualquer um de vocês, anda um pouco de nariz empinado, se achando superior aos outros ou procurando algum interesse humano, ou, não sei, procurando posições na Igreja, ele jamais vai curar alguém, não vai conseguir abrir o coração de ninguém, porque a palavra dele não vai ter autoridade”.

“O discípulo terá autoridade se seguir o passos de Cristo. E quais são os passos de Cristo? A pobreza. Sendo Deus, Ele se fez homem! Ele se aniquilou! Ele se despiu! A pobreza que leva à mansidão, à humildade. O Jesus humilde que sai estrada afora para curar. E assim, um apóstolo com essa atitude de pobreza, de humildade, de mansidão, consegue ter autoridade para dizer: ‘Convertam-se’; para abrir os corações”.

E é essa humildade, essa autenticidade do apóstolo que age em nome de Cristo de coração puro, o que faz os demônios fugirem.

Fonte: Aleteia
PAPA FRANCISCO: “Os demônios fogem diante da humildade dos verdadeiros apóstolos” PAPA FRANCISCO: “Os demônios fogem diante da humildade dos verdadeiros apóstolos” Reviewed by Eu e Deus on fevereiro 07, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário: