VOCÊ PODE MUDAR O JOGO MESMO NOS PIORES DIAS - Eu & Deus

CONFIRA

Home Top Ad

Post Top Ad

domingo, 9 de setembro de 2018

VOCÊ PODE MUDAR O JOGO MESMO NOS PIORES DIAS

A vida de ninguém é perfeita, mas a atitude que você escolher irá ajudar ou prejudicar



A vida acontece. E às vezes parece que o pior da vida nos atinge de uma só vez: um sonho é destruído, as finanças se descontrolam, a doença bate à porta… cada um tem sua parcela de tempos difíceis na vida. É parte integrante do ser humano. Mas temos uma arma secreta que pode transformar esses tempos difíceis: nossa atitude.


Sim, a vida acontece, mas não precisamos ser vítimas disso. Nossa atitude é nossa resposta pessoal ao que a vida nos lança; no fundo, é uma escolha. Uma atitude positiva nos ajuda a mudar nossa maneira de perceber as coisas, a viver a mesma vida de uma maneira diferente. Se o dia amanhece, uma pessoa com uma atitude positiva escolhe trazer o sol para dentro e levar a luz onde quer que vá. Com a atitude certa, por mais que a vida sombria aconteça, sempre podemos viver com esperança para um amanhã melhor.


Dor e sofrimento

Primeiro, precisamos distinguir entre dor e sofrimento. A dor vem sem aviso prévio; simplesmente aparece, e muitas pessoas têm isso frequentemente.

Em contraste, o sofrimento é uma escolha. Ou seja, nós escolhemos sofrer sob o evento doloroso que nos aconteceu. Isso não significa que não podemos chorar, soluçar, gritar e até mesmo nos fechar quando a dor machuca a nossa alma. O que significa é que, no momento certo, e depois de ter sofrido e chorado, é melhor tentar encontrar o lado positivo e não permanecer permanentemente no sofrimento. Esta é uma escolha. O ideal não é fazer do sofrimento nosso lar permanente, mas uma catapulta, para que a próxima vez que algo de bom nos aconteça, possamos realmente experimentar felicidade e gratidão profundamente.

Lembre-se de que a felicidade não vem apenas das circunstâncias, mas da nossa atitude escolhida nessas circunstâncias. A vida sempre apresenta dificuldades e isso pode nos ajudar a crescer e ter muitos frutos, mas cabe a cada um de nós ver essas dificuldades como obstáculos ou como oportunidades.

Você quer ser feliz mesmo depois de passar por momentos dolorosos ou uma crise? Mude sua atitude!

  • Entregue-se. Faça o que puder e deixe a parte mais pesada para Deus. Reconheça e aceite que você não está sozinho nisso.
  • Mude seu chip mental. Ou você pode escolher ser uma vítima da vida e das circunstâncias ou pode começar a assumir a responsabilidade pelo que você é hoje ou pelo que está passando.
  • Solte qualquer medo. O medo tem uma maneira de invadir e nos deixar indefesos, porque nos paralisa e nos impede de mudar e progredir. Basta lembrar que “não temas” aparece 365 vezes nas Sagradas Escrituras.
  • Aceite as circunstâncias em que você está – ou que escolheu – e tente ver tudo de uma maneira brilhante e alegre.
  • Agradeça por tudo. Agora que você já passou pelo pior, você estará melhor equipado para ajudar os outros que estão passando por isso também. Esse evento terrível, e sua resposta, moldaram você para a pessoa que você é hoje.
  • Procure o apoio que você precisa. Procure ajuda e busque apoio.
  • Tente viver com a simplicidade de uma criança. “As crianças – em sua simplicidade interior – carregam com elas a capacidade de receber e dar ternura. A ternura é ter um coração de carne e não de pedra, como diz a Bíblia. A ternura também é poesia: é sentir coisas e eventos, não tratá-los como meros objetos, apenas para usá-los…”  (Papa Francisco).
  • Reconheça e aceite que toda crise traz consigo um milagre oculto, mudanças positivas e ensinamentos maravilhosos se optarmos por caminhar nessa direção.
  • Permita-se sentir. Não endureça seu coração por medo de sofrer. Sorria e chore quando seu coração pedir isso. O único requisito é sempre ter um pensamento esperançoso. Não bloqueie nenhum sentimento. Viva sua vida do coração. “Muitas vezes nosso sorriso se transforma em um sorriso de papelão, algo sem vida, um sorriso que não é alegre, nem mesmo um sorriso artificial, como um palhaço. As crianças sorriem espontaneamente e choram espontaneamente. Depende sempre do coração, e nosso coração é muitas vezes bloqueado e perde essa capacidade de sorrir, de chorar” (Papa Francisco).
  • Faça uma lista de suas bênçãos. Que seu primeiro pensamento do dia seja um ato de gratidão para… algo.

Então lembre-se, mesmo no meio das piores circunstâncias, sempre há uma escolha e uma oportunidade: hoje é um bom dia para ter um ótimo dia.


Fonte: Aleteia

Post Bottom Ad

Páginas