RESPOSTA A CANTORA GOSPEL QUE PROFETIZOU O FIM DA IGREJA CATÓLICA NO BRASIL - Eu & Deus

CONFIRA

Home Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 10 de setembro de 2018

RESPOSTA A CANTORA GOSPEL QUE PROFETIZOU O FIM DA IGREJA CATÓLICA NO BRASIL

A CANTORA GOSPEL ANA PAULA VALADÃO, EM UM EVENTO PROFETIZOU O FIM DA IGREJA CATÓLICA NO BRASIL AGORA DAMOS A RESPOSTA.



Falsos profetas são pessoas que pregam o que não vem de Deus. Seus ensinamentos não são bíblicos e eles inventam profecias, sonhos e visões. Os falsos profetas enganam outras pessoas, desviando-as de Deus, e causam conflitos e confusão. Como podemos reconhecer um falso profeta? Estudando a Bíblia. Porém, o mais importante é ver se a profecia se cumpre. Se não acontecer, é porque veio da imaginação da pessoa, não de Deus. Devemos evitar os falsos profetas e seus cegos e fanáticos seguidores. Seus ensinos só trazem problemas e podem enganar a muitos. Por isso, é muito importante conhecer a Bíblia e ter intimidade com Deus, para distinguir entre o (a) verdadeiro (a) e falso(a) profeta. A bíblia fala de forma muito clara sobre os falsos profetas e como devemos trata-los:

“Mas o profeta que ousar falar em meu nome alguma coisa que não lhe ordenei, ou que falar em nome de outros deuses, terá que ser morto'. "Mas talvez vocês se perguntem: 'Como saberemos se uma mensagem não vem do Senhor?' Se o que o profeta proclamar em nome do Senhor não acontecer nem se cumprir, essa mensagem não vem do Senhor. Aquele profeta falou com presunção. Não tenham medo dele. (Deuteronômio 18,20-22)

“Sim, estou contra os que profetizam sonhos falsos", declara o Senhor. "Eles os relatam e com as suas mentiras irresponsáveis desviam o meu povo. Eu não os enviei nem os autorizei; e eles não trazem benefício algum a este povo", declara o Senhor. (Jeremias 23,32)

"Portanto assim diz o Soberano, o Senhor: Por causa de suas palavras falsas e de suas visões mentirosas, estou contra vocês. Palavra do Soberano, o Senhor. Minha mão será contra os profetas que têm visões falsas e proferem adivinhações mentirosas. Eles não pertencerão ao conselho do meu povo, não estarão inscritos nos registros da nação de Israel e não entrarão na terra de Israel. Então vocês saberão que eu sou o Soberano, o Senhor...” (Ezequiel 13,8-9)

“Pois aparecerão falsos cristos e falsos profetas que realizarão sinais e maravilhas para, se possível, enganar os eleitos. Por isso, fiquem atentos: avisei-os de tudo antecipadamente...” (Marcos 13, 22-23)

“Não tratem com desprezo as profecias, mas ponham à prova todas as coisas e fiquem com o que é bom...”(I Tessalonicenses 5,20-21).

“Recomendo, irmãos, que tomem cuidado com aqueles que causam divisões e põem obstáculos ao ensino que vocês têm recebido. Afastem-se deles. Pois essas pessoas não estão servindo a Cristo, nosso Senhor, mas a seus próprios apetites. Mediante palavras suaves e bajulação, enganam o coração dos ingênuos...” (Romanos 16,17-18).

“No passado surgiram falsos profetas no meio do povo, como também surgirão entre vocês falsos mestres. Estes introduzirão secretamente heresias destruidoras...Muitos seguirão os caminhos vergonhosos desses homens e, por causa deles, será difamado o caminho da verdade. Em sua cobiça, tais mestres os explorarão com histórias que inventaram. Há muito tempo a sua condenação paira sobre eles, e a sua destruição não tarda...” (II Pedro 2,1-3)

Quantas seitas e igrejolas surgiram depois de Cristo e da morte dos apóstolos? qual permanece imutável e de pé em sua doutrina a mais de 2.000 anos?A cantora protestante Ana Paula Valadão da denominação religiosa “igreja da Lagoinha”, em show, em Salvador, BA, profetizou o fim da Igreja Católica Apostólica Romana. Em determinado momento de sua apresentação a cantora baseando-se em passagem bíblica repete diversas vezes a palavra tambores como numa invocação, ao mesmo tempo em que a percussão da banda acelera a batucada. Momentos seguintes, a palavra de ordem de Valadão é:

“receba o tambor, receba o tambor…É a ruína dos falsos deuses, é a ruína do povo idólatra”, disse.

Adiante, pede ao conjunto que toquem os tambores em ritmo baiano,no que as bailarinas dançam se debatendo, algumas pelo chão. Muitos internautas compararam a apresentação do grupo às manifestações da macumba. A cantora parecia fora de si e de um lado para o outro do palco soltou as palavras: 

“Aqui em Salvador, Aonde a idolatria chegou, aonde chegou o culto aos deuses. Onde entrou a influência de toda mariolatria no nosso Brasil, desde as primeiras missas efetuadas em solo brasileiro, o senhor fará tocar novos tambores nesta nação..." proclamou a inerrante profetiza.

 Ana Paula Valadão é de uma corrente protestante proselitista que associa o culto dos católicos à Virgem Maria como idolatria e parece se ofender com a religião que novamente mostra toda sua potência na nação brasileira, isso está bem claro quando a artista se diz falar em nome de Deus e proclama a suposta profecia da queda da idolatria tendo como expoente a Igreja Católica. Tomar a palavra em nome do Criador é algo sério e nos recorda os falsos profetas citados na Bíblia que são como lobos em pele de cordeiro.O mandado evangélico de Jesus tem como primazia o amor, o que nos leva responder à cantora imbuídos dessa caridade e não de outros sentimentos. Portanto, esconsideramos o entendimento da protestante que nos vê como idólatras. Pela graça de Deus, não só nestes tempos, mas ao longo de toda a história da Igreja, uma onda de graça e de conversão invade a Igreja Católica desde seus inícios quando foi fundada por Jesus Cristo e confiada aos cuidados de Pedro e da sucessão apostólica.

Diferente dos protestantes pregamos que precisamos de conversão continuamente e não ostentamos o título de salvos por vanglória e presunção, mas como um dom de Deus feito a nós por Cristo Jesus na Cruz, não é resultado de voluntarismos humano, e placa de Igrejolas.Como católicos não possuímos nenhum rancor contra nossos irmãos protestantes, apenas gostaríamos de sermos respeitados assim como respeitamos sua fé, seus cultos, seu apreço aos pastores que de certa forma, se identifica com nosso respeito às autoridades eclesiásticas. Confesso que nos é estranho sua admiração ao inseto preto o Smiliguido, que quem diria, ganhou o formato de escultura, coisa reprovado por eles nos templos Cristãos.


CRESCIMENTO DA IGREJA ENTRE O PÚBLICO JOVEM:

O PHN (Por Hoje Não) é um movimento de combate ao pecado criado para jovens, que prega a luta para fazer a vontade de Deus no dia após dia. Impulsionado pelo missionário da Comunidade Canção Nova, Dunga, o PHN, hoje, movimenta milhares de pessoas em todo o mundo. Para consagrado e ministro de música, o grande desafio desta proposta é o de não envelhecer:

“Temos exemplos de pessoas que nunca envelheceram na vida, como o Papa João Paulo II, monsenhor Jonas Abib, e grandes santos da Igreja, como São Bento, Santo Antônio, São Francisco, Santa Clara, Santa Terezinha… Santos que morreram jovens e outros que morreram muito idosos, mas que não perderam a juventude. O grande desafio, para mim, de evangelizar os jovens é não envelhecer. E nós só ficamos velhos quando queremos. Para mim, hoje, ter uma cara jovial, mesmo com as primeiras rugas, com os primeiros fios de cabelos brancos, com as responsabilidades de homem, pai de família, casado, é ser eternamente jovem. Quem nunca envelhece continua brilhando como naquele primeiro chamado de seguir Jesus...”, explica.



Cresce o catolicismo no Brasil

Uma série de estatísticas atualizadas mostram muitas mudanças na Igreja Católica no Brasil. O dossiê, editado pelo Departamento Central de Estatísticas da Igreja, foi divulgado. Hoje é católico o 84, 5% da população: para ser exato 165 milhões de cidadãos brasileiros de 195 milhões.

A Igreja Católica no Brasil tem demonstrado um alto grau de vitalidade e de funcionalidade:

Ela mostra números animadores em constante crescimento.Com a mudança das próprias estruturas (dioceses, paróquias e agentes de pastoral) a Igreja soube adaptar-se às novas exigências. O número médio de sacerdotes por paróquia cresceu de 1,88 no 2001 para 1,92 atualmente. Em todo o Brasil existem 10.802 paróquias e mais de 20.000 sacerdotes no total.Ao longo da última década, também os resultados alcançados no campo das vocações e ordenações sacerdotais relataram mudanças. Com um crescimento de 1,41%, em 2011, havia 8.956 seminaristas. Esta evolução também se reflete nos 547 neossacerdotes diocesanos (eles são 28,7% a mais do que em 2001).Também na vida civil, social, educativa e administrativa do País, a Igreja Católica tem uma grande influência. Em 2011, 6.882 escolas católicas de todos os níveis e ordens trabalhavam juntas com cerca de dois milhões de alunos. No total, havia 1.940.299 de estudantes de todos os níveis de educação pertencentes ou administrados por eclesiásticos.

“Se essa obra não for de Deus, vai acabar; mas se ela for de Deus, ninguém vai poder impedi-la de continuar...” (At 5,34-39). 

Post Bottom Ad

Páginas