COPA 2018: Brasil entrará em campo esta semana com camisa da cor da padroeira - Eu & Deus

CONFIRA

Home Top Ad

Post Top Ad

quinta-feira, 21 de junho de 2018

COPA 2018: Brasil entrará em campo esta semana com camisa da cor da padroeira

Em sua segunda partida na Copa do Mundo Rússia 2018, a seleção brasileira entrará em campo na próxima sexta-feira, 22 de junho, com o seu uniforme azul, cuja história remete à padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida.

Após empatar em 1x1 no jogo de estreia contra a Suíça no último domingo, 17 de junho, a seleção brasileira disputará a próxima partida contra a Costa Rica, às 9 (horário de Brasília), em São Petersburgo.

Conforme informado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), nesta partida, os jogadores do Brasil entrarão em campo com o uniforme todo azul, camisa, calção e meias, exceto o goleiro, que estará com a veste toda verde.



O uniforme azul da equipe brasileira traz em sua história a ligação com a Virgem Aparecida, uma vez que foi adotado pela primeira vez na Copa de 1958, na final contra os anfitriões, a Suécia, que usou na ocasião seu uniforme amarelo.

Como os brasileiros não puderam usar a tradicional camisa “canarinho”, tiveram que recorrer ao improviso. Arrumaram camisas azuis, nas quais costuraram os números e os escudos.


Para que os mais supersticiosos não se prendessem à ideia de que a troca poderia trazer azar para a equipe, o então dirigente do time, Paulo Machado de Carvalho, incentivou os atletas a jogarem de azul, pois, desta forma, estariam vestidos com o manto de Nossa Senhora Aparecida.

Então, naquele 29 de junho de 1958, o Brasil venceu a Suécia por 5 a 2 e os jogadores passaram a confiar na bênção da padroeira também para o time e, desta forma, o uniforme foi oficialmente definido como reserva da seleção.

A última vez em que a camisa azul entrou em campo em uma Copa do Mundo foi no torneio de 2010. Na fase de grupos, sua utilização é ainda menos comum. Ela foi usada pela última vez nesta altura da competição em 1994, também contra a Suécia.

Fé e futebol

Dois traços marcantes dos brasileiros, a fé e a paixão pelo futebol, podem ser testemunhados na Sala das Promessas do Santuário Nacional de Aparecida.

Muitos times de futebol deixam nesta sala as camisas usadas nas partidas que resultaram em títulos nos campeonatos. No caso da seleção brasileira, o último ex-voto deixado pela equipe no Santuário foi uma camiseta entregue após a conquista do ouro nas Olimpíadas de 2016.

Além disso, a relação entre a fé e o futebol se mostra também através das orações, como no caso do técnico da seleção brasileira, Tite, que já se disse devoto de Nossa Senhora Aparecida, a quem pede a proteção antes de cada partida.

Diante disso, o Santuário de Aparecida tem presente nestes dias em suas a Copa do Mundo Rússia 2018.

Segundo informou o próprio Santuário, desde o início da Copa, algumas celebrações incluem petições pelo torneio. Entretanto, mais do que um pedido pela vitória brasileira, as preces realçam o espírito de cooperação que deve guiar todos os povos.

E, além de participar das missas e atividades religiosas, quem visitar o maior templo mariano do mundo durante a Copa pode acompanhar os jogos do Brasil nas televisões localizadas nas Praças de Alimentação do Centro de Apoio ao Romeiro.


Fonte: ACI

Post Bottom Ad

Páginas