SANTA TERESA D´ÁVILA A INVENTORA DA BATATA FRITA?


Segundo o professor de História da Arte e fundador do singular museu da bata frita “Friet Museum”, o belga Paul Ilegems, é quase que certeza que Santa Teresa tenha sido a inventora deste prato popular. Ele se baseia em uma carta datada de 19 de dezembro de 1577 que a santa enviou à madre superiora do convento do Carmo em Sevilha, agradecendo o envio das batatas e outras hortaliças. Teresa disse: “Recebi as batatas, e a vasilha com sete limões. Chegou tudo certo”.

Mas o jornalista e crítico gastronômico Cristino Álvarez opina, em um artigo, que não acredita que essa teoria seja provável. Álvarez afirma que “a batata a que se refere a santa é a chamada batata de Málaga, um tubérculo trazido por Colombo do Haiti em sua primeira viagem. Foi preciso esperar meio século para ter notícias da batata propriamente dita.”

 
O que é certo é que, a partir de 1573, no livro de registros de um hospital, aparece o recebimento deste tubérculo nutritivo vindo de um dos conventos das Carmelitas Descalças (ordem fundada por Teresa D´Ávila).

O mesmo Paul Ilegems oferece uma segunda hipótese: talvez as batatas fritas tenham sido inventadas por pescadores belgas, que costumavam fritar peixes e fizeram a mesma coisa quando as primeiras batatas chegaram às suas mãos, no ano 1650.

Isso é o que dizem os belgas. Mas os franceses não estão de acordo com eles, pois atribuem a si mesmos a invenção das “french fries”. Eles garantem que no final do século XVIII, sobre a Ponte Neuf, em Paris, já se viam vendedores dessa delícia. Ele eles preparavam a batata frita na frente dos clientes.

Sim, o nome mais conhecido do prato vem do idioma francês. Mas os belgas explicam que o termo ficou popular durante a primeira Guerra Mundial, quando seus soldados, que usavam o francês como língua oficial, ofereceram as batatas fritas aos soldados norte-americanos. Os americanos, então, as batizaram de “french fries”.

Essa briga é pela invenção daquela batata cortada em formato de bastões, fritos em bastante óleo. Mas as batatas cortadas bem fininhas e no formato arredondado, conhecidas por “chips”, surgiram por acidente no ano de 1853, em um restaurante de Nova York. O chef, diante das queixas de um cliente que sempre o recriminava por não cortar as batatas finas o suficiente para ele, decidiu dar uma lição ao homem, cortando-as de forma tão fina, que ele não conseguiria pegá-las com o garfo. O resultado foi o contrário: o cliente ficou surpreso e completamente satisfeito. Depois, todos os clientes começaram a pedir aquela nova e deliciosa especialidade.

Enfim, as batatas fritas foram inventadas por Santa Teresa, pelos belgas, pelos franceses ou pelos americanos? Realmente é difícil saber. A verdade é que esta famosa delícia é mundialmente conhecida e pode ser feita em casa, bem crocante e dourada. De vez em quando, dê-se ao luxo de saborear este prato sem culpa e sem pensar nas calorias.
SANTA TERESA D´ÁVILA A INVENTORA DA BATATA FRITA? SANTA TERESA D´ÁVILA A INVENTORA DA BATATA FRITA? Reviewed by Eu e Deus on setembro 14, 2017 Rating: 5